quarta-feira, 9 de maio de 2007

felted...

Há um certo padrão nos caminhos em que entramos... Começamos a um nível muito superficial, um pouco de exploração e reconhecimento do terreno, mas rapidamente encontramos a necessidade de ver mais e procurar mais fundo... Aconteceu assim com a fotografia, quando o digital deixou de fazer sentido e tive que retomar as origens da imagem intensa e verdadeira, e está a acontecer agora com uma coisa tão simples quanto o feltro... Comecei esta semana com o feltro artesanal... Todos os dias chegava a casa, já tarde, mas nunca deixei de aquecer a água para fazer mais uma ou duas bolitas... Entretanto procurei mais coisas e hoje fiz uma flor... Já percebi o segredo das bolas mas ainda não desencantei o mistério das flores e das outras formas... Mas digo-vos que não deve andar longe...

As agulhas serão o próximo passo...

Estou viciada..

Gosto de sentir as peças a nascer e crescer na palma da minha mão... Comprar já não é suficiente....


7 comentários:

Várias Paixões disse...

Ok ok agora é que ninguém te para a seguirqual é o caminho....já nem sei o que dizer,a tua mãe dizia qua não sabias pegar numa agulha..afinal além de saberes não te contentas e fazes feltro...eu acho bem, a partir de agora já não compro mais bolinhas dessas...vou ali acima á estrada q vai para Janas e pronto...........tenho lá mts :):):)
Beijos

borboleta disse...

:)

Compreendo-te bem!
Senti o apelo do feltro artesanal há algum tempo quando fiz um workshop. Desde então só tenho pena de não ter mais tempo para fazer as malinhas, que dão imenso trabalho, embora fiquem lindíssimas :)

Vais ver, daqui para a frente é só a melhorar!

Beijinhos

Joanita disse...

Gosto de trabalhar com feltro, cozer, cortar etc, mas feltrar é uma coisa que por enquanto ainda não me amanho muito bem, já tentei... =P


*Beijoca,
Joanita

Cakau Bijus disse...

Compreendo-te perfeitamente!
Mais vais ver que quando experimentares as agulhas (de feltrar) vais voltar á água e sabão, essa sim a verdadeira essencia do feltro artesanal, na minha opinião, claro.
Beijinhos

Ana

Loja Da Menina disse...

Já sabes mais que eu =P que ainda nao sei o segredo de um nem de outro.

Um beijiho e bom fim de semana
catarina

Isabel disse...

E ele há viroses que se pegam sem a gente saber como... Eu cá acho que as feiras em conjunto têm uma certa responsabilidade sobre essas coisas. Ainda acabo por ver-te, em pleno consultório, a receitar cházinho de papoila silvestre em alternância com a macela...
E um destes dias, que dizes a irmos para aí, pela mata de Sintra adentro, procurar plantas tintureiras???
Muitos beijinhos e saudadinhas, eivados de alegre surpresa pela opção naturalóide!

alice disse...

Pois é Ana, quando somos nós a fazer tem um gostinho especial. Eu tentei as bolinhas, mas foi uma tentativa falhada, até a Ana (cakau) me ensinar. Ficam lindas. Agora falta é tempo para fazer mais.
Beijinhos grandes e boa semana
Alice